segunda-feira, 17 de julho de 2017

A noite chegou, trazia frescura ao meu coração

Imagem relacionada
A noite chegou, trazia a frescura ao meu coração
No silêncio, as estrelas reflectiam no meu olhar
A lua, silenciosamente, iluminava os meus pensamentos
Eu esperava à janela, rejuvenescida 
Na companhia de todas as nossas lembranças,
Meu coração envaidecido recordava com saudade
Todos aqueles momentos que me marcaram, na verdade
E me fizeram crescer como mulher...vencida,
.
A noite ia longa, e meu coração não queria acalmar
Um misto de sensações me faziam pensar,
Olhava as estrelas em volta da lua, pareciam dançar
Uma brisa em suave mensagem, doce ilusão
O sono havia passado, ansiava o nascer do dia
Naquela janela, libertava todas as minhas emoções, 
Mas a noite passou, o dia chegou, tu vieste-me abraçar
Porque no silêncio dos meus desejos pertences ao meu coração.
***
Cidália Ferreira

32 comentários:

  1. A noite é diferente do dia, mas tem a sua magia e o seu poder, um deles é, talvez, estarmos mais perto de nós, do nosso coração, dos nossos sentimentos mais íntimos! Beijinhos e boa semana! :)

    ResponderEliminar
  2. Tantas vezes as vidraças de uma janela são o espelho onde existe a magia do reflexo do nosso olhar.

    Li aqui mais um poema de elevado índice poético. A tua imaginação não tem limites no que concerne às obras poéticas. Os teus poemas revelam ser, puras telas escritas, que ficarão para a posteridade e delícias das gentes vindouras que te irão ler. A tua poesia ficará, e será... imortal.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não posso deixar de te responder!
      Tu Ricardo, que foste testemunha do "meu nascimento" para o mundo poético, és e serás sempre o meu maior critico, porque é preciso e eu preciso!

      Tu Ricardo, que és um Poeta de elevado valor e acredita que te devo muito, muito mesmo. Porque cresci como pessoa, contigo.

      Obrigada pela tua generosidade sei que és sempre sincero nas palavras que me deixas.

      Beijinho com muito respeito e carinho.

      Eliminar
    2. Sempre tão bela e deliciosa, poeticamente falando, como exagerada nas palavras que me são dirigidas.

      Acredito que, no inicio, eu tenha sido o farol poético que te surgiu na vida e te inspirou, através dos meus poemas. Mas a LUZ que desse ( farol) emanou e iluminou a tua "veia" poética, saiu da tua alma e sentimento que, colocas sempre, na doçura dos teus versos, que iluminam de amor, os teus poemas. Esses poemas, já iluminam o mundo, e um dia, iluminará o Universo poético. Essa luz BRILHANTE é tua e apenas tua.

      Beijinhos poéticos

      Eliminar
  3. A noite tanto pode ser uma excelente companheira, como muito matreira..
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Linda inspiração ao luar! Um poema sublime e rico em emoções e palavras!
    Cada vez mais enriqueces o teu espólio poético! As tuas poesias cada vez têm mais admiradores.

    Um abraço e boa semana amiga

    ResponderEliminar
  5. O luar nos traz emoções difíceis de explicarmos,mas ficamos à espera de quem sabe através dele,possamos idealizarmos os nossos sentimentos.
    Lindo e emocionante poema Cidália.
    Bjs e uma linda semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  6. Que linda a poesia, como é bom sentir a frescura da noite no coração, a noite é um momento pra ser vivido, Cidália bjs
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderEliminar
  7. Agora é viver dias mágicos e únicos.
    Desejo muito que tudo corra muito bem.
    Tudo de bom para todos.
    Bjs.
    Irene Alves

    ResponderEliminar
  8. mais um poema lindo e com ele uma bonita foto é verdade que a frescura da noite por vezes faz bem pois faz bem bjs bs

    ResponderEliminar
  9. A noite tem uma magia especial, tal como o teu magnífico poema.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  10. Que lindo poema para iniciar a semana! :) Beijinhos e boa semana Cidália.
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  11. Boa tarde, Cidália.
    O amor também vive de lembranças, se não partiu de nós, ficará evidente a surpresa que nos fará.
    Os desejos acalentam nosso coração, ao mesmo tempo que deixa uma nostalgia.
    Bonito poema.
    Parabéns.
    Tenha uma excelente semana.
    Beijos na alma.

    ResponderEliminar
  12. Oi Cidália,
    Lindo poema. onde acha tanta criatividade?
    Belo demais.
    Curtas os netos
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  13. Que poema lindo, cheio de emoção e suavidade.
    Tenha uma ótima semana.

    ResponderEliminar
  14. Que bonito poema
    https://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  15. Lindo poema, à noite toda a poesia tem magia.
    Abraço

    ResponderEliminar
  16. Mais um bonito poema que vim conhecer por aqui!

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  17. Olá, estimada Cidália!

    Começo por agradecer a sua visita e palavras deixadas no meu blogue. Não é ainda o meu regresso à blogosfera, mas um acontecimento trágico, a tal me "obrigou".

    Os seus poemas revelam sempre muita inspiração, girando à volta de sentimentos, sendo o amor e a saudade os mais notórios neles.

    De noite, parece que tudo fica mais leve, sereno e agradável, mas não sei o motivo, confesso. Qdo chega o dia, chega tb a realidade, que dói, que é crua, madrasta e vil. Sonhemos, desejemos, então, a noite e tudo aquilo que ela tem de muito bom para que o nosso coração fique feliz e alegre.

    Beijos e noites de sonho

    ResponderEliminar
  18. Olá, Cidália
    Linda reflexão, Deus te abençoe.
    Bjs

    ResponderEliminar
  19. Cara amiga, poetisa, Cidália, mais um belo poema personalíssimo, onde aparece a força do teu estilo: a simbiose da paixão com os elementos da natureza, formando um amálgama de grande sensibilidade.
    Um abração daqui do sul do Brasil. Tenhas uma linda semana.

    ResponderEliminar
  20. Como sempre, aqui o romântico toma forma e como já disse, li também outros comentários, de parabéns sempre estás. inspirada em versos que nos toca a alma, o amor é isso, sempre existe, não importa se há distância e nos faz sentir cada verso!
    Bela imagem que lhe deu tamanha inspiração, amei ler!
    Abraços apertados amiga poetisa Cidália!

    ResponderEliminar
  21. Linda demais sua poesia,querida amiga Cidália!

    Romântica,repleta de amor e bela como seu coração.

    Imagem magnífica!

    Recebi sua atualização porque seu blog está na minha lista de "Blogs a visitar",à direita do meu,com seu nome.

    Beijos sabor carinho e uma terça-feira de paz profunda

    Donetzka

    ResponderEliminar
  22. Olá Cidália, como está?
    Olhe que eu chamo-me Diana. Olivia era um pseudónimo.
    E estou bem. Correu tudo de forma especial no casamento e a lua de mel foi um máximo.
    Espero que esteja tudo bem consigo.

    Mais um belo texto, como sempre. Já tinha saudades.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  23. Que poema tão refrescante
    https://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  24. A noite iluminada na qual nos permitimos sonhar, muitas vezes acordados!
    A noite sempre finda e se inicia um novo dia no qual podemos viver os nossos sonhos.
    Estou a tentar voltar aos blogues, conto passar por cá mais vezes para poder ler poemas magníficos como este!
    Um grande beijinho

    ResponderEliminar
  25. Muito obrigado pelos seus comentários no meu blogue.
    Um abraço.
    Autografos Futebol

    ResponderEliminar
  26. Um poema muito bonito, com uma encantadora aura de esperança... que a lua veio inspirar...
    Adorei ler, Cidália!
    Beijinhos!
    Ana

    ResponderEliminar
  27. As noites de luar têm tantas vezes a magia de abrir o nosso baú das recordações.
    Belissimo poema
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderEliminar